top of page

Paulo Giovanni: Uma Vida Dedicada à Comunicação

Hoje, homenageamos a trajetória marcante de Paulo Giovanni Wilbert Sérvolo, uma figura icônica que moldou a comunicação no Brasil. Com 72 anos de idade, ele nos deixou, vítima de um infarto. Mas seu legado perdurará por gerações.

Início em Rádio

Paulo Giovanni, nascido em Petrópolis, Rio de Janeiro, em 9 de novembro de 1950, declarou sua paixão pela comunicação desde cedo. Aos 16 anos, ele começou a trabalhar como funcionário mirim na Rádio Imperial de sua cidade natal. Foi lá que ele desenvolveu o nome artístico que o tornaria famoso: Paulo Giovanni.

Em 1968, Giovanni deu um salto audacioso ao se mudar para o Rio de Janeiro. Ele rapidamente se tornou uma voz querida nas rádios Tupi e Globo. Sua voz e talento o transformaram em um dos ícones do rádio no Rio de Janeiro.

Sucesso na Publicidade

Em 1989, Paulo Giovanni decidiu expandir seus horizontes e entrar no mundo da publicidade. Em 1993, ele fundou a Giovanni Comunicações, que mais tarde se associou ao Draft FCB, tornando-se uma das 10 maiores agências de publicidade do Brasil.

Seu espírito empreendedor o levou a criar duas agências de marketing promocional de sucesso: a Mix Brand Experience e a Pop Trade Marketing. Essas agências solidificaram sua presença no mercado.

Em 2011, Giovanni fundou a marca Tailor Made, que depois adquirida pela americana Leo Burnett, com sede em Chicago. A agência se tornou a Leo Burnett Tailor Made e se destacou como uma das mais premiadas em 2014, segundo o Advertising Age.

Reconhecimento e Honras

Dentre tantos reconhecimentos destacamos: “Empresário da Indústria da Comunicação” no Prêmio Caboré em 2011; Hall da Fama do Marketing no Brasil em 2014; Um dos publicitários mais influentes do Brasil em 2015, em consulta da Revista GQ com executivos das 30 maiores agências do País.

Paulo Giovanni será lembrado como uma figura emblemática na história da comunicação no Brasil, um verdadeiro mestre da sua arte.

1 visualização0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page