top of page

Domingo de Carnaval Rio 2023 tem Bloco Areia, Cordão Boitatá, Divinas Tretas e mais!

O domingo de Carnaval (19/2) está cheio de atrações.

Confira abaixo alguns dos Blocos para você curtir e não perder nadinha do que ama nesses dias de super folia: 

O nome do bloco vem da sigla de Associação Recreativa Etílica Independente Amigos da Rede do Aloisio.

Inicialmente o AREIA desfilava na Rua Dias Ferreira, saindo do antigo bar Tio Sam. Aos poucos e com o passar do tempo o bloco foi crescendo e em 2020 chegou a ter 385 mil foliões na Orla do Leblon.

Com o lema “nem maior, nem melhor, apenas diferente”, o Bloco Laranjada Samba Clube garante muita animação no Carnaval do Rio de Janeiro. Esse ano Laranjada completa 20 anos de folia.

As Divinas Tretas é um bloco dissidente do primeiro bloco LGBTQIAP+ do Rio de Janeiro, o Toco-Xona. Durante a pandemia, romperam com a marca e passaram a carnavalizar como Divinas Tretas.

Cola com elas que promete ser um Carnaval muito marcante!

O bloco Bangalafumenga é um dos maiores blocos do Rio, e tem sua bateria conhecida por uma mistura de ritmos que deixa o repertório mais divertido e eclético. A sonoridade que a banda produz é uma maneira de demonstrar que além de carnavalesca, trabalha com distintos e peculiares ritmos brasileiros, resgatando as origens e as culturas diversificadas da miscigenação musical. O Banga, como é carinhosamente chamado, acontece no Aterro do Flamengo.

Bloco fundado em 1996, o Cordão do Boitatá foi criado por estudantes e músicos. Até hoje, leva folia às ruas do Rio de Janeiro. Todo ano, sua banda atrai milhares de apaixonados por pular carnaval, com bateria e orquestra de sopros.

O Simpatia é Quase Amor nasceu em 1985 como forma de protesto durante as campanhas políticas Diretas Já e hoje tem um dos desfiles mais conhecidos do Rio de Janeiro. Com as cores amarelo e roxo, o bloco promove a tolerância, o amor, e a defesa da democracia.

O Bloco tem o objetivo é fazer releituras das músicas do cantor Raul Seixas em diversos ritmos carnavalescos, como frevo, samba, marchinha, ijexá, afoxé e maracatu, sem jamais perder a pegada rock ‘n’ roll com outros estilos como o reggae, salsa e surf music.

O Bloco Badalo de Santa Teresa foi fundado em 1972 e tem como objetivo a inclusão social de jovens, adultos e crianças da comunidade. A instituição vai além do grêmio recreativo e bloco carnavalesco, oferecendo cursos, oficinas culturais e profissionais, área de lazer e, claro, muito samba.

Neste retorno do Carnaval às ruas, vamos enaltecer a presença dos nossos nobres amigos que vivem pelas tabelas e, a despeito de muitos continuam, firmes e nem tão fortes, mas continuam “pelasacando”.

Fonte: Blocosderua.com

2 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page