top of page

Audiolivros Narrados por IA Dividem Opiniões



Os audiolivros narrados por inteligência artificial é uma realidade. A plataforma Audible, da Amazon, já oferece mais de 40 mil títulos com vozes virtuais, uma marca alcançada em apenas seis meses desde o lançamento da ferramenta de IA para escritores autopublicados, que utilizam o serviço Kindle Direct Publishing.

Vantagens para Autores Independentes

Os autores autopublicados estão aproveitando essa inovação. Com a ajuda da IA, transformar livros em audiolivros se tornou mais rápido e acessível. Por exemplo, o autor Hassan Osman levou menos de uma hora para converter um livro de 48 páginas em áudio.

Críticas de Dubladores e Preocupações de Ouvintes

Por outro lado, dubladores profissionais estão preocupados com a falta de oportunidades de trabalho devido à narração por IA. Os ouvintes também expressam desconforto, apontando a ausência de distinção entre narrações humanas e virtuais na plataforma.

IA na Tradução de Audiolivros

Uma aplicação promissora da IA é na tradução de audiolivros. Editoras como a HarperCollins estão usando tecnologia para traduzir obras em inglês para outros idiomas, alcançando mais público.

Desafios para o Futuro

Apesar das vantagens, ainda há desafios a serem superados. Narradores e ouvintes sentem falta da emoção humana em narrativas virtuais, especialmente em obras mais pessoais ou autobiográficas. Um exemplo clássico é "Orgulho e Preconceito", de Jane Austen, narrado pela atriz Denise Fraga em uma versão em português.

No entanto, essa tendência continua crescendo e moldando o futuro dos audiolivros. Como você se sente sobre esse tema? Acredita que a inteligência artificial pode realmente substituir os narradores humanos? Fonte: Tecnoblog

1 visualização0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page